Dietas

Urologista explica descoberta científica que significa grandes mudanças para os homens.

By  | 

%image_alt%

Médico Urologista com conceitos de envelhecimento saudável, estratégia Ortomolecular em Medicina, entre outros.

Os achados de uma nova revisão com meta análise sugerem que a Dieta do Mediterrâneo sem restrições a gordura animal pode reduzir a incidência de eventos cardiovasculares, câncer e diabetes tipo 2.

 

Hanna E. Bloomfield do Centro Médico dos Veteranos de Minneapolis escreveu: “Nossa conclusão principal é que existe evidência limitada obtida de trabalhos randomizados de que a dieta do Mediterrâneo sem restrições a ingestão de gorduras pode estar associada a um incidência reduzida de eventos cardiovasculares, todos os cânceres, incluindo o de mama, e diabetes tipo2. Porém não reduz a mortalidade geral”. Os resultados foram publicados online na edição de 18 de julho da revista Annals of Internal Medicine.

%image_alt%

Apesar de avanços no diagnóstico e tratamento, doenças crônicas como doenças cardiovasculares, câncer e diabetes permanecem como as causas principais de morbidade e mortalidade nos EUA e demais países que seguem a dieta ocidental.

A dieta mediterrânea é uma dieta rica em frutas, vegetais e também em gorduras monoinsaturadas (30% a 40% da ingestão total de calorias diárias ) – em especial o azeite – , bem como legumes e peixe , com um consumo baixo a moderado de derivados do leite lácteos e carne. Vários estudos têm demonstrado o seu benefício na melhoria de vários quadros clínicos , incluindo uma redução na mortalidade total.

Eles definiram uma dieta mediterrânea como uma sem restrição à ingestão total de gordura e que incluía dois ou mais de sete componentes : proporção alta entre gorduras monoinsaturadas em relação as saturadas, alta ingestão de frutas e legumes, alto consumo de legumes , alta ingestão de grãos e cereais, ingesta moderada de vinho tinto , consumo moderado de produtos lácteos e baixo de carnes , mas com elevado consumo de peixe.

Esta é a base da dieta que recomendo para todos os meus pacientes, com algumas variações. Faça um favor para a sua saúde e adote uma alimentação na linha mediterrânea, LCHF ou paleolítica.

%image_alt%

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *